10 Jan

Felicidade em dose dupla 25.06.2006

Felicidade em dose dupla 25.Jun.2006

José Carlos Manhabusco*

Aproveito o momento para parabenizar os pais que tiveram seus filhos aprovados no vestibular. Quanta alegria!!! Quanta felicidade!!! Parabéns!!!

Somente quem possui família sabe avaliar o quanto custa educar filhos. Fazemos todos os sacrifícios possíveis e impossíveis para ver nossos filhos cada vez mais em melhores condições.

A despesa com educação é enorme. Sem falar no custo de manutenção de um plano de saúde. Contudo, é necessário o investimento. Sempre ouvi dizer que quem casa quer casa e quem possui filhos deve educá-los.

Desejo mais uma vez dividir minha alegria com os amigos e as amigas que dedicam parte de seu tempo lendo meus escritos. A cada dia recebo incentivos, aumentando minha responsabilidade.

Tenho dois filhos: Gianncarlo e Amanda. Giann, como é tratado pelo amigos, cursa a 4º ano de Direito, na Universidade Federal, em Campo Grande (MS). Agora, tenho o orgulho de dizer que minha filha Amanda, foi aprovada no vestibular para o curso de Direito, na Universidade Federal, em Campo Grande (MS). Me faltam palavras para expressar a minha alegria e de minha esposa – Margareth. A emoção e o choro foram inevitáveis. Várias ligações foram realizadas e outras tantas recebidas. A semana foi agitadíssima.

Entretanto, na verdade desejo trazer uma mensagem de reflexão. Todo sacrifício é pouco para com os nossos filhos. Sempre desejamos o melhor para eles. Ocorre que, o exemplo deve vir da própria família; de casa.

A falta de recursos trás inúmeras dificuldades na vida. Cabe aos pais o papel de orientador dos filhos, não podendo se esquecer que é a viga mestre da unidade familiar e ao mesmo tempo paradigma.

Assim como outros pais, lutamos para que nossos filhos possam ingressar em uma Universidade Federal. Nos sacrificamos para que eles estudassem em escolas particulares, bem como fizessem curso de inglês na Cultura Inglesa.

O estudo intensivo foi imperioso. Em fim, a aprovação foi mero resultado do trabalho realizado.

Consta em um cartão enviado para Amanda: Você vai longe porque é uma pessoa persistente e não tem medo dos desafios da vida".

Tomo a liberdade de transcrever as palavras enviadas pelos padrinhos – Fandi e Maristela: Querida Amanda. Quando descobrimos nossa força interior e aceitamos os desafios que a vida propõe, não existe limites para nossos sonhos. Continue sempre com determinação, explorando os talentos que você tem! Siga nesse caminho e saiba que estamos sempre torcendo por você! Felicidades! Um grande beijo com muito carinho. Seus padrinhos Fandi e Maristela. Dourados, 18.07.2006".

Somos muito felizes, em razão de possuirmos amigos. Amigos são o maior patrimônio que podemos ter nessa terra. Os amigos nos proporcionam a ajuda que nenhum bem material pode alcançar. O dinheiro acaba, os amigos não. Pensem nisso!

A concorrência da vida não pode vencer a paz. A consideração e o respeito são atributos inerentes a boa formação da personalidade. Se não respeitamos, naturalmente não seremos respeitados.

Bem, vou tratar da outra alegria. Trata-se do presente recebido no dia do meu aniversário (18 de julho). Neste dia saiu o resultado do vestibular. Logo, dois foram os fatos. Primeiro, a aprovação. Segundo, o presente.

Da mesma forma com que o Gianncarlo embarcou para Campo Grande, a sua irmã – Amanda, segue o mesmo destino. Juntos farão uma dupla de operadores do Direito. Mais uma etapa foi vencida. Agora, virão outras.

Que Deus ilumine os seus caminhos!!! Parabéns a educadora Margareth Camargo Manhabusco pelo brilhante trabalho!!! O quadro foi pintado com cores que somente você possui a aquarela. Obrigado por terem lido meu presente. Obs.: agradeço ao Dr. Fandi (médico) pelo incentivo. Artigo revisado por Amanda Camargo Manhabusco (acadêmica de Direito).

*José Carlos Manhabusco – Conselheiro Estadual da OAB.

Contato: José Carlos Manhabusco / manhabusco@hotmail.com

Read 521 times