21 Maio

SUSTENTAÇÃO ORAL NOS TRIBUNAIS

Ao longo dos anos, o advogado José Carlos Manhabusco, membro da banca MANHABUSCO ADVOGADOS, tem buscado firmar suas teses perante os integrantes das Cortes Superiores (Ministros, Desembargadores). Não tem sido uma tarefa fácil, pois a natureza do ser humano é complexa. Indagado sobre os efeitos reais da sustentação oral, o advogado tem manifestado sua opinião no sentido de que, no processo, dependendo da visão do julgador quanto aos fatos e as provas, a verdade real tarda mais não falha. Quanto mais se firmar na interpretação e exegese dos dispositivos legais, a chance de alcançar o seu objetivo aumenta substancialmente. Atuar apenas no primeiro grau de jurisdição, com certeza não é uma boa estratégia para quem deseja firmar o seu posicionamento. Entretanto, para se fazer presente nos Tribunais faz-se necessário e imperioso que o profissional tenha efetivo domínio da matéria em questão. O tempo é muito curto (10 minutos; 15 minutos, dependendo do Regimento Interno) para resumir uma peça de recurso, ou demonstrar como se encontra o conjunto fático-probatório. Por isso, na opinião do advogado Manhabusco é fundamental o estudo do processo em sua profundidade (resumo dos fatos importantes), sem falar em postura na tribuna, apresentação, cumprimentos, respeito, ética etc. BOA SORTE!!!

Read 84 times